Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a nossa política de privacidade e de utilização de cookies.

OK

Nutrição Ayurvédica: Leite Dourado (Golden Milk)

Leite dourado (golden milk)

Diz a sabedoria ancestral ayurvédica que o leite de vaca é doce, frio, levemente oleoso e de difícil digestão. O leite de cabra, por sua vez, é mais fácil de digerir, pois além de doce é também adstringente. Ainda que o leite comercializado atualmente represente uma combinação indecifrável de leite mungido a diferentes horas do dia e de diferentes vacas, eu não podia deixar de partilhar este verso retirado de um dos tratados ayurvédicos:

 

O leite de vaca mungido de manhã é pesado e difícil de digerir uma vez que a atividade noturna do animal é mais reduzida e a influência da lua é mais forte nesse período. O leite de vaca mungido ao final do dia é leve e fácil de digerir pois o animal esteve exposto ao calor do sol durante o dia e manteve-se ativo.1

 

O Ayurveda correlaciona ainda os efeitos do leite com o momento do dia em que este é consumido:

  • Manhã – fortalece o fogo digestivo e é afrodisíaco;
  • Meio-dia – fortalece o fogo digestivo e confere força física;
  • Noite – melhora a visão e estimula a produção de sémen.

 

Este alimento, tão venerado na Índia, mitiga os doshas vata e pitta e estimula a produção de leite materno, entre outros benefícios. No entanto, produz muco no organismo e pode ter um efeito laxante, pois aumenta o dosha kapha. Quando esse aumento é exagerado, podem surgir sintomas que são muitas vezes subentendidos como um estado de intolerância à lactose2:

  • Fadiga / letargia;
  • Náuseas;
  • Sensação de peso abdominal;
  • Fezes moles e abundantes.

 

Deverá sempre consultar o seu médico se sentir que o seu corpo tem uma reação exagerada ao consumo de leite, mas, por favor, não se rotule sem ter a certeza. Em alguns casos, estes sintomas devem-se a uma fraca capacidade digestiva que tem origem em fatores nos quais a medicina ayurvédica pode ajudar a solucionar:

  • Excesso de stress e ansiedade;
  • Refeições a horas irregulares;
  • Sono de má qualidade;
  • Escolhas alimentares desajustadas à sua constituição.

 

Importa referir que o leite já não é como antigamente e que muitas das qualidades acima descritas são sabotadas pelos métodos modernos e controversos de produção animal. Por via das dúvidas, e para quem goste de leite, eu recomendo sempre comprar de origem biológica ou diretamente ao produtor.

 

 

Benefícios do leite dourado (ou golden milk)

Sabendo que o leite é um alimento pesado, os sábios ancestrais medicavam-no com especiarias de forma a tornar a sua digestão mais harmoniosa, usufruindo assim dos seus benefícios sem perturbar o equilíbrio dos doshas.

 

Há inúmeras variações da receita de leite dourado pelo mundo fora. Eu baseio-me na versão que me foi transmitida diretamente pelo sábio ayurvédico, o Doutor Ghanashyam Marda. Esta versão inclui quatro especiarias fundamentais3:

  • Alcaçuz – refresca, adoça e lubrifica os tecidos sem aumentar kapha. É considerada uma das plantas ayurvédicas com efeito prabhava e um excelente anti-pitta;
  • Cardamomo – um carminativo4 e expetorante de ação (virya) quente que, para além de refrescar o hálito, reduz a formação de muco no organismo provocada pelo leite. Mais informação sobre o cardamomo no artigo alimentação ayurvédica fora de casa;
  • Curcuma – um potente antibiótico natural, cicatrizante, hemostático5, antioxidante, anti-inflamatório e muito mais. Este rizoma é tão especial que estou a pensar dedicar-lhe um artigo em breve;
  • Gengibre – de ação (virya) quente, é um excelente carminativo, antidiarreico, expetorante e estimulante. A par de um estilo de vida equilibrado, o gengibre é ótimo para os diabéticos pois ajuda a reduzir a resistência insulínica6.

 

Pressupõe-se o uso de leite inteiro, geralmente de vaca ou de cabra, e de origem biológica. As bebidas vegetais apresentam qualidades muito distintas das do leite, pelo que os benefícios descritos podem não ser aplicáveis ao leite dourado “vegetal”. Se não consome produtos de origem animal, pode optar por preparar uma infusão de curcuma, que é igualmente deliciosa e anti-inflamatória.

 

 

Receita de leite dourado (golden milk)

Umas das formas de tornar o leite mais fácil de digerir é misturá-lo com água. Não se preocupe com a consistência, vai ficar maravilhosamente cremoso. Comece por colocar ao lume:

  • 1 copo de água (aproximadamente 250 mL);
  • 1 copo de leite.

 

De seguida, adicione à mistura anterior:

  • 1 colher de chá de raiz de alcaçuz7 em pó;
  • 1 colher de chá de curcuma em pó;
  • ½ colher de chá de gengibre3 em pó;
  • ¼ colher de chá de cardamomo em pó (pode triturar as sementes num almofariz).

 

Deixe ferver 5 a 10 minutos, mexendo sempre para não agarrar nem transbordar. Separe as natas que se formam à superfície do leite e reserve-as.

 

 

Ritual de beleza ayurvédico

Enquanto saboreia o leite dourado, mime a sua pele com uma máscara anti-ageing, anti-inflamatória e regeneradora:

  • Lave o rosto com água morna;
  • Com as natas que separou durante a confeção, massaje delicadamente o rosto (evite o contacto com os olhos);
  • Deixe ficar durante, pelo menos, 10 minutos;
  • Remova com água morna.

 

Se sofrer de eczema ou psoríase, por exemplo, pode também aplicar as natas diretamente nas lesões – o leite dourado apazigua e ajuda a regenerar a pele.

 

Da próxima vez que chegar a casa tarde, prepare esta iguaria ayurvédica para si, faça uma máscara e termine a noite a ler um livro inspirador. Puro conforto!

 

Com amor,

Mafalda

 


A informação apresentada é meramente informativa, de índole genérica, não contendo uma análise exaustiva de todos os aspetos dos temas analisados, pelo que não substitui uma consulta com um terapeuta especializado.

1 - Bhavaprakasha of Bhavamishra, mais informação disponível em books.google.pt
2 - Intolerância à lactose – condição de saúde na qual o corpo é incapaz de metabolizar o açúcar do leite (lactose) devido à deficiência ou inexistência das enzimas intestinais responsáveis por essa função (lactases)​​​
3 - The Yoga of Herbs – An Ayurvedic Guide to Herbal Medicine, mais informação disponível em books.google.pt
4 - Carminativo – que tem a propriedade de controlar gases dos intestinos ou combater a flatulência
5 - Hemostático – que estanca hemorragias
6 - Resistência insulínica – condição de saúde na qual os recetores de insulina das células não reconhecem a hormona em circulação devido, normalmente, a um estilo de vida desajustado​​
7 - Comercializa-se nas lojas de produtos indianos no Martim Moniz e na Mouraria

Fotografia por Osha Key