Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a nossa política de privacidade e de utilização de cookies.

OK

Fases da Lua: Significado e Bem-estar

Fases da Lua

Sempre me fascinou o mundo da astronomia: a beleza hipnotizante da lua cheia, o brilho da via látea, as constelações que formam objetos no céu, a idade das estrelas, entre outras particularidades.

 

Um pouco mais adulta, comecei a ganhar a perceção de que cada um de nós representa um infinitésimo deste Universo imensurável do qual fazemos parte. Mais, – e esta foi a grande revelação para mim – tudo o que aceitamos e negamos, tudo o que amamos e odiamos, tudo o que respira e que, aparentemente, não tem vida, começou por ser a mesma partícula. Enquanto a teoria do Big Bang fizer sentido, podemos afirmar que todos já fomos (somos) um só. Acredito fortemente que, quando esta teoria for refutada, aquela que se seguir vai mostrar-nos exatamente o mesmo, mas por outras palavras. Nunca a expressão "todos diferentes, todos iguais" fez tanto sentido.

 

Filosofias à parte, este artigo está dedicado às fases da lua e de que forma estas podem influenciar o nosso bem-estar.

 

Em dezembro de 2019, uns dias antes do Natal, ouvi a entrevista da astróloga Sónia Brito no podcast da Inês Nunes Pimentel. De imediato, despertei para as fases da lua e quis aprender mais. Uma semana depois, uma grande amiga minha ofereceu-me o livro O Poder da Lua, de Yasmin Boland – coincidência? Ainda não tinha terminado o livro e já estava cheia de vontade de partilhar tudo o que estava a aprender com o mundo.

 

Aqui vai.

 

 

Significado das fases da lua

É a mudança de posição da Lua em relação ao Sol que altera a perceção que temos dela e que origina as 8 fases lunares1:

  • Lua nova;
  • Lua crescente;
  • Quarto crescente;
  • Lua corcunda;
  • Lua cheia;
  • Lua divulgadora;
  • Quarto minguante;
  • Lua balsâmica.

 

Neste artigo, explico, com base na obra de Yasmin Boland, as 4 fases mais conhecidas.

 

Fase da lua nova1

A lua nova é a fase de plantar as sementes dos seus futuros sonhos. É o momento mais propício para fazer planos sobre o que quer da sua vida. A lua nova está associada ao elemento éter, dado o seu aspeto vazio, mas na verdade é o solo fértil de todas as possibilidades.

 

Sabia que segundo o Ayurveda, o éter é considerado o elemento primordial do Universo? Juntamente com o elemento ar, constitui o dosha vata que é o responsável pela criatividade. Aproveite esta fase da lua para escutar o coração, dar asas à imaginação e planificar os seus sonhos quer estes estejam relacionados com amor, saúde, trabalho ou dinheiro – basicamente, é o que fizer sentido para si.

 

Fase de quarto crescente1

Lembra-se de todos os desejos que formulou na lua nova? Esta é a fase de os explorar avançando com coragem e com a confiança de que o Universo tem tudo sob controlo.

 

Tal como a lua, os sonhos que até então ainda não eram visíveis, começam a ganhar forma. Seja otimista e visualize-os na sua vida. Como se sentiria se tal sonho se concretizasse? Deixe-se invadir por essa sensação, apresente-a às suas células e deixe-as vibrar de alegria.

 

Este momento é também propício para estabelecer intenções, caso não tenha tido a oportunidade de o fazer na fase de lua nova.

 

Fase da lua cheia1

Rufem os tambores – a lua cheia chegou e traz consigo a energia da libertação. Durante tanto tempo tive insónias nesta fase da lua sem perceber porquê.

 

A energia da lua cheia convida-nos a olhar novamente para os nossos sonhos, ou para o que quer que seja que tenhamos planeado na lua nova, e avaliar se ainda nos fazem sentido ou não. Mesmo que os seus planos não tenham resultado, não desanime: ou tal não era para si, ou ainda não estava na altura certa, ou o Universo tem planos melhores. Seja qual for o caso, agradeça e confie – esta e a chave da felicidade, pelo menos para mim.

 

Já deve ter reparado que digerir o jantar com o estômago cheio do almoço é um processo lento e demorado. Isto acontece porque o seu agni, ou fogo digestivo, não está disponível para concretizar a mais recente digestão. O mesmo princípio aplica-se aos seus sonhos e, na verdade, a praticamente tudo na vida.

 

Moral da história: se deseja concretizar os seus sonhos tem de libertar espaço para que eles cresçam. Sabe qual a melhor forma de o fazer? Perdoando e agradecendo. Perdoe tudo o que já foi, tudo o que não se concretizou, tudo o que já não faz sentido e tudo o que está a mais. Agradeça todo o crescimento que esses eventos, pessoas ou sentimentos lhe ensinaram e liberte-os. Este é o verdadeiro significado de desenvolvimento pessoal.

 

Fase de quarto minguante1

Esta fase da lua é um lembrete para reavaliar o que não funcionou no passado. Olhe para trás e valorize o caminho que percorreu durante o ciclo lunar. Nas palavras de Yasmin Boland:

 

Qualquer conflito que ocorra agora vale a pena ser analisado – pergunte a si próprio qual é a mensagem de cada desafio com que se depara nesta fase. Pode ser preciso mudar de rumo. Liberte-se.

 

Novas oportunidades estão à distância de uma semana, na fase de lua nova. Dê-lhes espaço para se expressarem.

 

 

As fases da lua e o ciclo menstrual

Conhece as expressões “as mulheres são cíclicas” e “as mulheres são como a lua”? São mesmo. O ciclo menstrual da mulher fértil está dividido em 4 fases as quais podemos associar às fases da lua2:

  • Menstruação - associada à lua nova;
  • Pré-ovulação ou fase folicular – associada ao quarto crescente;
  • Ovulação - associada à lua cheia;
  • Pré-menstruação ou fase lútea – associada ao quarto minguante.

 

Mesmo que o ciclo menstrual de uma mulher não siga este padrão, é considerado normal. Não existe certo nem errado, cada mulher é única na sua individualidade e essência. Contudo, como explicam as doulas Joana Vitória Ferrão e Sílvia Morais na Agenda da Loba de 2020, a fase da lua em que uma mulher menstrua ou ovula pode dar indicações preciosas para esta se reconectar consigo mesma:

  • Menstruar na lua nova e ovular na lua cheia – a menstruação pode ser menos dolorosa e o fluxo menos abundante. É um momento de purga e introspeção permeado de força criativa (perfeito para iniciar projetos). Neste caso, a ovulação dá-se quando a energia feminina está no auge;
  • Menstruar na lua cheia e ovular na lua nova – a menstruação poderá ser mais dolorosa e desafiante. A lua pede para exteriorizar num momento de natural introspeção para a mulher, o que pode ser um desafio. É ótimo para trabalhar o desenvolvimento pessoal e a sua vertente mais mística.

 

Espero que o simbolismo da lua o tenha inspirado tanto como a mim e que possa integrar este conhecimento no seu dia a dia promovendo o seu bem-estar e desenvolvimento pessoal.

 

Com amor,

Mafalda

 


A informação apresentada é meramente informativa, de índole genérica, não contendo uma análise exaustiva de todos os aspetos dos temas analisados, pelo que não substitui uma consulta com um terapeuta especializado.

1 – Moonology: Working with the Magic of Lunar Cycles (versão traduzida, O Poder da Lua), mais informação disponível em books.google.pt
2 – Agenda da Loba 2020, mais informação disponível em facebook.com

Fotografia de Sanni Sahil