Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a nossa política de privacidade e de utilização de cookies.

OK

Doshas

Com base nos cinco elementos surge a teoria tridosha. Os doshas são energias básicas que existem em proporções únicas em cada organismo, alimento e, até mesmo, estação do ano. Todos têm um papel essencial a desempenhar e nenhum é melhor do que o outro.

Doshas

Regra geral, cada ser humano apresenta um dosha predominante que explica os seus perfis mental, físico, emocional e comportamental. Alguns apresentam dois e outros, mais raros, apresentam características dos três doshas em igual proporção. Seja qual for a combinação, esta chama-se prakruti e é determinada no momento da conceção.

Determinar a constituição original é um processo complexo, que nem sempre se consegue com uma consulta. Responder ao teste dos doshas com base no momento presente, permite dar os primeiros passos para uma vida mais equilibrada.

Os doshas estão em constante movimento, percorrendo todas as células e canais do corpo. É, por isso, importante saber como mantê-los em harmonia de modo a evitar desequilíbrios, que se designam por vikruti1.

Dosha Vata

Dosha Vata

O dosha vata governa o movimento e a comunicação: respiração, batimento cardíaco, contração muscular, mobilidade celular, transmissão do impulso nervoso, entre outros. A expressão criativa também é da responsabilidade deste dosha, pelo que é frequente a sua predominância em artistas (músicos, pintores, animadores, ginastas, etc.).

As qualidades (gunas) que caracterizam o dosha vatafrio, leve, seco, áspero, móvel, subtil e não viscoso – são também as que tendem a desequilibrá-lo2. Dada a ausência dos elementos fogo, água e terra, os indivíduos com predominância deste dosha beneficiam bastante de alimentos de fácil digestão, quentes e oleosos, por exemplo, ghee, estufados, sopas e chás. Alimentos como as saladas cruas, os frutos secos e os refrigerantes são a receita para o desequilíbrio.

Apesar de circular por todo o corpo, o local primordial do dosha vata é o cólon (intestino grosso). Na prática, significa que os desequilíbrios serão sentidos neste órgão em primeiro lugar – flatulência, inchaço abdominal, obstipação, diarreia, entre outros. Além da alimentação, é de extrema importância manter uma rotina estável e realizar massagens com óleo morno regularmente de modo a nutrir as qualidades de que o dosha vata carece. Neste âmbito, a massagem ayurvédica é considerada a melhor terapia existente pois, além das digestões irregulares, os indivíduos com predominância de vata também apresentam articulações frágeis e rígidas.

Dosha Pitta

Dosha Pitta

Associado principalmente ao elemento fogo, o dosha pitta representa a energia da transformação: digestão de alimentos, metabolismo celular, cognição, processamento de experiências e emoções, manutenção da temperatura corporal, entre outros. Os indivíduos com predominância deste dosha são geralmente carismáticos, determinados, ambiciosos e competitivos, com uma inteligência e perspicácia inigualáveis.

As qualidades (gunas) que caracterizam este doshaquente, leve, oleoso, suave, líquido, móvel, penetrante – conferem-lhe a capacidade de permear todos os meios3. Ao nível social isso traduz-se, por exemplo, na excelente capacidade de persuasão; ao nível físico, numa capacidade digestiva fantástica. A facilidade em manter um peso corporal relativamente estável é reflexo destas qualidades.

Para manter um pitta equilibrado é importante consumir alimentos com qualidades opostas às suas. Frutas e legumes frescos são uma excelente opção assim como os grãos integrais (arroz, trigo, aveia). Os óleos de coco e girassol são particularmente frescos e adequados a este dosha. O ghee, consumido em moderação, é um anti-pitta por excelência. É de evitar ao máximo os alimentos picantes, fermentados e fritos, o álcool e a cafeína.

O local primordial do dosha pitta é o duodeno (intestino delgado). Os sintomas mais frequentes do aumento excessivo de calor interno são a azia, a diarreia, a febre e as erupções cutâneas. Além da alimentação é importante saber relaxar e reduzir o nível de exigência pessoal. A meditação é uma excelente forma de acalmar a mente e reduzir o stress, tal como uma massagem ayurvédica relaxante e refrescante. Caminhar à beira-mar pela fresca também é muito benéfico.

Dosha Kapha

Dosha Kapha

Os elementos terra e água não deixam margem para dúvidas: kapha é a base estruturante de qualquer organismo. Representa a proteção e hidratação celulares, lubrificação articular, manutenção de um sistema imunitário forte, entre outros. Este dosha caracteriza os sentimentos de amor e compaixão assim como a capacidade de viver sem pressas. De constituição robusta, os indivíduos com predominância de kapha apresentam também uma resistência física e emocional impressionantes.

As qualidades (gunas) que caracterizam este doshafrio, pesado, oleoso, suave, sólido, denso, viscoso – tornam muito fácil cair em letargia, inércia e excesso de peso3. Por isso, é importante para estes indivíduos manter uma atividade física regular, comer alimentos leves e picantes e esfoliar o corpo com frequência. As terapias ayurvédicas udvartana, garshana e pinda svedana têm efeitos muito positivos tanto na manutenção como na redução deste dosha.

Kapha protege todas as mucosas do organismo. No entanto, o estômago é o seu local primordial – com o pH dos sucos digestivos nem poderia ser diferente. Seguem-se os pulmões, cuja lubrificação é vital no processo respiratório. Quando o dosha kapha está agravado as digestões tornam-se mais lentas, devido ao excesso de muco no estômago, e as vias respiratórias ficam congestionadas (sinusite, tosse com expetoração, etc.). É fácil perceber porque é que não se devem ingerir alimentos frios e pesados durante uma constipação. 


 


A informação apresentada é meramente informativa, de índole genérica, não contendo uma análise exaustiva de todos os aspetos dos temas analisados, pelo que não substitui uma consulta com um terapeuta especializado.

1 - Establishing the Scientific Validity of Tridosha Part 1: Doshas, Subdoshas and Dosha Prakritis, disponível em www.ncbi.nlm.nih.gov
2 - Vagbhata's Ashtanga Hrudayam, mais informação disponível em books.google.pt
3 - Proposing Ayurvedic Traya Upastambha as an Important Behavioral Health Care Strategy, disponível em www.ejmanager.com


 

Para saber mais:

Curso Ayurveda Descobre a tua natureza interior à luz do Ayurveda Inscrições abertas