Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a nossa política de privacidade e de utilização de cookies.

OK

Doshas

Com base nos cinco elementos surge a teoria tridosha. Os doshas são energias básicas que existem em proporções únicas em cada organismo, alimento e, até mesmo, estação do ano. Todos têm um papel essencial a desempenhar e nenhum é melhor do que o outro.

Doshas

Regra geral, cada ser humano apresenta um dosha predominante que explica os seus perfis mental, físico, emocional e comportamental. Alguns apresentam dois e outros, mais raros, apresentam características dos três doshas em igual proporção. Seja qual for a combinação, esta chama-se prakruti e é determinada à nascença – saiba qual a sua respondendo ao teste dos doshas.

 

Os doshas estão em constante movimento, percorrendo todas as células e canais do corpo. É, por isso, importante saber como mantê-los em harmonia de modo a evitar desequilíbrios, que se designam por vikruti1.

Dosha Vata

Dosha Vata

O dosha vata governa o movimento e a comunicação: respiração, batimento cardíaco, contração muscular, mobilidade celular, transmissão do impulso nervoso, entre outros. A expressão criativa também é da responsabilidade deste dosha, pelo que é frequente a sua predominância em artistas (músicos, pintores, animadores, ginastas, etc.).

 

As qualidades (gunas) que caracterizam o dosha vata – frio, leve, seco, áspero, móvel, subtil e não viscoso – são também as que tendem a desequilibrá-lo2. Dada a ausência dos elementos fogo, água e terra, os indivíduos com predominância deste dosha beneficiam bastante de alimentos de fácil digestão, quentes e oleosos, por exemplo, ghee, estufados, sopas e chás. Alimentos como a batata branca, os frutos secos e os refrigerantes são a receita para o desequilíbrio.

 

Apesar de circular por todo o corpo, o local primordial do dosha vata é o cólon (intestino grosso). Na prática, significa que os desequilíbrios serão sentidos neste órgão em primeiro lugar – flatulência, inchaço abdominal, obstipação, entre outros. Além da alimentação, é de extrema importância manter uma rotina estável e realizar massagens com óleo morno regularmente de modo a nutrir as qualidades de que o dosha vata carece. Neste âmbito, a massagem ayurvédica é considerada a melhor terapia existente pois, além das digestões irregulares, os indivíduos com predominância de vata também apresentam articulações frágeis e rígidas.

Dosha Pitta

Dosha Pitta

Associado principalmente ao elemento fogo, o dosha pitta representa a energia da transformação: digestão de alimentos, metabolismo celular, cognição, processamento de experiências e emoções, manutenção da temperatura corporal, entre outros. Os indivíduos com predominância deste dosha são geralmente carismáticos, determinados, ambiciosos e competitivos, com uma inteligência e perspicácia inigualáveis.

 

As qualidades (gunas) que caracterizam este dosha – quente, leve, oleoso, suave, líquido, móvel, penetrante – conferem-lhe a capacidade de permear todos os meios3. Ao nível social isso traduz-se, por exemplo, na excelente capacidade de persuasão; ao nível físico, numa capacidade digestiva fantástica. A facilidade em manter um peso corporal relativamente estável é reflexo destas qualidades.

 

Para manter um pitta equilibrado é importante consumir alimentos com qualidades opostas às suas. Frutas e legumes frescos são uma excelente opção assim como os grãos integrais (arroz, trigo, aveia). Os óleos de coco e girassol são particularmente frescos e adequados a este dosha. O ghee, consumido em moderação, é um anti-pitta por excelência. É de evitar ao máximo os alimentos picantes, fermentados e fritos, o álcool e a cafeína.

 

O local primordial do dosha pitta é o duodeno (intestino delgado). Os sintomas mais frequentes do aumento excessivo de calor interno são a azia, a diarreia, a febre e erupções cutâneas. Além da alimentação é importante saber relaxar e reduzir o nível de exigência pessoal. A meditação é uma excelente forma de acalmar a mente e reduzir o stress, tal como uma massagem ayurvédica relaxante e refrescante. Caminhar à beira-mar pela fresca também é muito benéfico.

Dosha Kapha

Dosha Kapha

Os elementos terra e água não deixam margem para dúvidas: kapha é a base estruturante de qualquer organismo. Representa a proteção e hidratação celulares, lubrificação articular, manutenção de um sistema imunitário forte, entre outros. Este dosha caracteriza os sentimentos de amor e compaixão assim como a capacidade de viver sem pressas. De constituição robusta, os indivíduos com predominância de kapha apresentam também uma resistência física e emocional impressionantes.

 

As qualidades (gunas) que caracterizam este dosha – frio, pesado, oleoso, suave, sólido, denso, viscoso – tornam muito fácil cair em letargia, inércia e excesso de peso3. Por isso, é importante para estes indivíduos manter uma atividade física regular, comer alimentos leves e picantes e esfoliar o corpo com frequência. As terapias ayurvédicas udvartana, garshana e pinda svedana têm efeitos muito positivos tanto na manutenção como na redução deste dosha.

 

Kapha protege todas as mucosas do organismo. No entanto, o estômago é o seu local primordial – com o pH dos sucos digestivos nem poderia ser diferente. Seguem-se os pulmões, cuja lubrificação é vital no processo respiratório. Quando o dosha kapha está agravado as digestões tornam-se mais lentas, devido ao excesso de muco no estômago, e as vias respiratórias ficam congestionadas (sinusite, tosse com expetoração, etc.). É fácil perceber porque é que não se devem ingerir alimentos frios e pesados durante uma constipação. 

 


1 - Establishing the Scientific Validity of Tridosha Part 1: Doshas, Subdoshas and Dosha Prakritis, disponível em www.ncbi.nlm.nih.gov
2 - Vagbhata's Ashtanga Hrudayam, mais informação disponível em books.google.pt
3 - Proposing Ayurvedic Traya Upastambha as an Important Behavioral Health Care Strategy, disponível em www.ejmanager.com

 

 

Para saber mais:

Entre em contacto connosco. Marque uma consulta Marcar consulta